Seja Bem-Vindo:
Abaixo você encontra mais informações que você pode querer saber

TUDO SOBRE OS TESTES COVID SAIBA + CABO VERDE É UM DESTINO SEGURO SAIBA +

Perguntas Frequentes FAQ

Ainda ficou com alguma dúvida?Aqui embaixo respondemos as perguntas mais frequentes que podem te ajudar também.

É obrigatório fazer teste de:

Santo Antão para: Boa Vista, Santiago, Fogo, São Nicolau, Sal, Maio e Brava
São Vicente para: São Nicolau, Sal, Boa Vista, Santiago, Maio, Fogo e Brava
São Nicolau para: Qualquer ilha
Sal para: Qualquer ilha
Boavista para: Qualquer ilha
Maio para: Qualquer ilha
Santiago para: Qualquer ilha
Fogo para: Qualquer ilha
Brava para: Qualquer ilha

Não é obrigatório fazer teste de:

Santo Antão para: São Vicente
São Vicente para: Santo Antão

Praia:
– Centro de Saúde de Fazenda das 08:00 às 10:00
– Centro de Saúde de Achada Santo António das 08:00 às 10:00
– Centro de Saúde de Tira Chapéu das 08:00 às 10:00
– Centro de Saúde de Ponta D`Água e Achada Grande Trás das 08:00 às 10:00
Clínicas e laboratórios certificados:
Praia:
– Laboratório Santa Maria, Plateau;
– Laboratório da Policlínica Cardiomed, Plateau;
– Laboratório Labmed – Praia Clínica, Chã de Areia;
– Laboratório de Análises Clínicas (LAC), Achada Santo António;
Sal:
– Laboratório da Clínica Clinitur, Santa Maria;
Fogo:
– Laboratório do hospital regional São Francisco Assis;

“Nas estruturas de saúde pública dos concelhos, o custo do serviço é de 1.000$00 (teste e declaração).”

O teste custa 6.500 escudos (59 euros).

Crianças com menos de 10 anos estão isentas do uso obrigatório de máscara, podendo, caso assim o encarregado de educação entender, utilizar uma.

Ficam ainda isentas, os menores de 7 anos, da apresentação de testes antes da viagem.

“Situação particular das ilhas do Fogo e São Vicente que se mantém em situação de calamidade.

- O atendimento nos bares, esplanadas e restaurantes passa a ser possível até às 21:00 nas ilhas em situação de calamidade, e até às 23:59 nas restantes ilhas em situação de contingência, passando as padarias a poder funcionar até às 21:00 e os comércios até às 20:30;
- Atividade balnear na cidade na ilha do Fogo, das 06:00 às 10:00 e das 12:00 às 15:00, mediante avaliação semanal das autoridades de saúde, bem como a reabertura dos ginásios, obrigando ao cumprimento de várias regras de proteção sanitária e redução da capacidade para 50%;
- Convívios nas residências particulares em todo o país devem acontecer num contexto intrafamiliar, com um máximo de 10 pessoas, de modo a evitar situações de aglomeração, propagação e contágio;
- Mantêm-se fechadas em todo o país discotecas e salões de dança ou de festas, e proibidas as atividades desportivas que impliquem aglomeração de pessoas e as atividades em academias, escolas de artes marciais e de ginástica;

Nas áreas afetadas pelo vírus, é recomendado:

  • Evitar contato com animais, vivos ou mortos;
  • Evitar ir a mercados onde são vendidos animais vivos ou mortos;
  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infeção respiratória aguda;
  • Não comer carne crua ou mal cozida;
  • Lavar as mãos regularmente com água com e sabão ou soluções à base de álcool.
Em caso de sintomas de infeção respiratória (febre, tosse, dificuldade em respirar), recomenda-se:
  • Usar uma máscara se estiver em contato com outras pessoas;
  • Usar lenços descartáveis ​​e lavar as mãos regularmente;
  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infeção respiratória aguda;
Os conselhos de viagem estão sendo reavaliados com base na situação epidemiológica internacional em evolução e nas recomendações da OMS.

Para mitigação de riscos sanitários, a realização de viagens inter- ilhas de passageiros, de avião ou barco, para algumas ilhas, obriga à apresentação pelo passageiro, do teste de despiste com resultado negativo, efetuado até 72 horas (3 dias) antes da viagem.

Confira as ilhas para onde é obrigatório apresentar teste rápido negativo, em tudo sobre covid19

Obrigatoriedade de usar máscaras faciais “em todos os espaços públicos, incluindo nas vias públicas”. Não cumprimento da lei implica multas entre os 1500$00 e os 15 mil escudos. A lei, no entanto, prevê algumas exceções. Crianças com menos de 10 anos, pessoas com deficiência cognitiva ou com perturbações psíquicas e outras situações que comprovadamente estejam autorizadas pelas autoridades de saúde. A obrigatoriedade também não se aplica em situações de prática de atividade física individual de promoção de saúde e qualidade de vida “desde que se observem rigorosamente as normas de distanciamento social e de etiqueta respiratória”.

Se vai viajar em transportes públicos, o que se recomenda é que:

  • Garanta uma distância mínima das outras pessoas;
  • Se posicione costas com costas face a outras pessoas;
  • É obrigatório o uso de máscara nos transportes públicos;
  • Vire a cara para o lado, se alguém estiver a tossir à sua frente e peça à pessoa que está a tossir que o faça para um lenço ou para o braço;
  • Desinfete as suas mãos com uma solução à base de álcool ou lave as mãos assim que possível;
  • Se o transporte estiver lotado pode, sempre que possível, aguardar pelo próximo.